Feliz Natal 2016

Aproxima-se uma data que se pretende feliz para todos. Uma data que estreita os laços familiares, de amizade, e de afetividade no geral.

Esta aproximação natural aos que amamos, potencia ainda uma consciencialização mais forte sobre o nosso dever social e de apoio à comunidade.

Nesta altura do ano, todas as diferenças políticas, ideais e estratégias convergem no sentido do bem comum, naquilo que nos torna humanos e seres sensíveis. Será sempre de louvar, e seja de qualquer quadrante político, as iniciativas criadas pelos municípios que pretendem ajudar quem mais sofre, e quem mais precisa de ajuda.

É por isso de realçar que desde o dia 23 de novembro, este executivo volta a dinamizar o Natal Solidário, uma iniciativa que atende à atual situação socioeconómica dos agregados familiares do Município, bem como o acréscimo de sinalizações de famílias em situação de precariedade e carência alimentar. Consiste pois na atribuição de um cabaz de Natal, sob a forma de vales para a exclusiva aquisição de géneros alimentares, com valores calculados em função do agregado familiar. O desconto dos vales é efetuado em estabelecimentos comerciais de Gondomar aderentes à iniciativa (mercearias, frutarias, talhos e peixarias), entre o mês de dezembro e janeiro de 2017.

Sendo a solidariedade o ato mais nobre nesta data, não são de esquecer também os sorrisos que alimentam a alma de quem ri, e de quem assiste. Assim, e porque também sou mãe, sensibiliza-me que nem todas as crianças possam sentir a magia desta época, partilhando brincadeiras, festas, calor e atenção. Fico por isso genuinamente feliz, que a Câmara Municipal realize no próximo dia 19 de dezembro a segunda edição da festa “Natal + Feliz”, a decorrer no Auditório Municipal de Gondomar, destinada a crianças provenientes de famílias acompanhadas pela Divisão de Desenvolvimento Social e pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Gondomar. Será uma tarde recheada de atividades lúdicas, com um espetáculo cheio de cor, e distribuição de presentes no final. Para as nossas crianças, que têm uma infância mais difícil, fica a certeza que terão neste Natal, um dia em que poderão brincar, rir e sonhar.

Cabe a cada um de nós o dever de ajudar, de poder potenciar o melhor dentro daquilo que está ao nosso alcance. Se todos nós, e todos os dias do ano, tivéssemos presente o verdadeiro sentido de cidadania, de entreajuda, de solidariedade, as nossas cidades, a nossa terra, seriam certamente locais mais felizes. Fico genuinamente realizada quando vejo que a nossa Câmara tem essa consciência, e faz o que está ao seu alcance para melhorar todos os dias a vida aos seus munícipes.

Feliz Natal a todos!

, , ,